Justiça manda ao arquivo mais um processo de Rocha contra Leonildo Rosas

Justiça manda ao arquivo mais um processo de Rocha contra Leonildo Rosas

Jornalista é defendido pelo Escritório Jordão & Brito, do advogados Giordano Jordão e Leonardo de Brito

A Justiça acreana mandou ao arquivo mais uma ação movida contra o vice-governador Wherles Rocha contra o jornalista Leonildo Rosas.

Numa clara tentativa de intimidar ou de calar o direito da livre manifestação, Rocha tem reiteradas ações contra Rosas.

Nessa ação penal, o vice-governador sentiu-se ofendido pelo jornalista, com provas documentais, ter publicado que o vice-governador receberá diárias para se locomover a Brasília, mas apareceu no Paraná.

O juiz responsável pelo caso mandou o processo ao arquivo porque o advogado de Rocha não apresentou procuração específica para o caso.

Leonildo Rosas é defendido pelo Escritório Jordão & Brito, que têm como sócios os advogados Giordano Jordão e Leonardo de Brito, que deve assumir o mandato de deputado federal nos próximos dias.

“Recebi a notícia com tranquilidade. Sei que outras ações virão, mas é fundamental manter a tranquilidade. Confio na Justiça e nos meus advogados. É claro que quem faz jornalismo alternativo e militante sofre para pagar profissionais capacitados para lhe defender. Mas não há como recuar ou calar”, disse Leonildo.

Veja a decisão:

Leonildo Rosas

Related Posts

Sob o (des)governo de Gladson Cameli, Acre chega aos 59 sem ter o que festejar

Sob o (des)governo de Gladson Cameli, Acre chega aos 59 sem ter o que festejar

Acredite se quiser: Diretor do Deracre diz que obras do governo podem gerar 20 mil empregos diretos e indiretos

Acredite se quiser: Diretor do Deracre diz que obras do governo podem gerar 20 mil empregos diretos e indiretos

TCU faz auditoria na licitação da obra do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia

TCU faz auditoria na licitação da obra do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia

MPE abre procedimento para apurar supostos casos de assédio moral e nepotismo no Deracre

MPE abre procedimento para apurar supostos casos de assédio moral e nepotismo no Deracre

No Comment

Deixe uma resposta