Juíza da Vara Criminal manda intimar Jarbas Anute; secretário de Cameli é procurado desde 2014

Demorou, mas aconteceu.

Dessa vez, dificilmente ele terá como fugir.

A juíza da 1ª Vara Criminal de Rio Branco determinou a intimação do secretário adjunto de Gestão e Planejamento, Jarbas Anute.

Informou que o mesmo pode ser facilmente encontrado no 4º andar do Palácio das Secretarias, no centro de Rio Branco, onde despacha diariamente.

Estranhamente, embora seja figura pública, Anute vem conseguindo se esquivar da Justiça desde 2014.

Foram várias tentativas de localizá-lo sem sucesso.

O secretário foi acusado e processado por desacatar um policial militar, no dia 23 de novembro de 2013.

O desacato teria ocorrido durante abordagem no trânsito.

Anute atacou o policial com palavras de baixo calão, dizendo que o mesmo não valia nada e que iria matá-lo mais cedo ou mais tarde.

No dia 10 de maio, a juíza Louise Cristine Lopes Santana suspendeu novamente o processo por não localização do réu.

Matéria publicada no Porta do Rosas ajudou a facilitar o trabalho da magistrada e do Oficial de Justiça.

Também houve denúncias anônimas feita no site do Ministério Público, cobrando providências.

Anute não é primário.

Foi condenado a dois anos e meio pelo atropelamento e morte de uma mulher, no início de 2011.

Terá a oportunidade de se explicar sobre o desacato em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami