Jéssica Sales gastou mais de R$ 1 milhão de dinheiro público para divulgar o mandato

A deputada federal Jéssica Sales (MDB) carregou nos gastos com a divulgação das suas atividades parlamentares durante os seus primeiros quatro anos de mandato.


Levantamento feito pelo Portal do Rosas no Portal da Transparência da Câmara dos Deputados revela que a parlamentar gastou mais de R$ 1,1 milhão para pagar jornais, sites aliados e serviços gráficos.


Teoricamente, os gastos são legais porque apresentam notas fiscais e, supostamente, comprovação dos serviços prestados.

Mas há detalhes que mereceriam uma investigação mais profunda, como as despesas declaradas com gráficas.


O que é legal nem sempre é moralmente aceito. Uma parlamentar que diz pregar renovação na política não deveria adotar velhas práticas.


Eleita com a votação majoritariamente dos mais humildes, a deputada deveria saber que gastar mais de R$ 1 milhão com suposta divulgação do mandato não rima com o novo.


Para produzir material gráficos com empresas estabelecidas fora do Acre, a deputada gastou mais de meio milhão. Ocorre que a população acreana nunca viu a distribuição desse material produzido pela parlamentar para divulgar as suas atividades parlamentares.


Jéssica Sales, que está no segundo mandato, tem falado abertamente na possibilidade de concorrer ao Senado da República nas eleições de 2022.

Enfrentará uma briga intestina dentro das forças que dão sustentação ao governador Gladson Cameli, principalmente com o PSDB do vice-governador Wherles Rocha.


Filha do ex-prefeito Vagner Sales, cujo excesso de condenação na Justiça impede que tente novos mandatos, a deputada é apontada como sucessora política do pai. Mas, ao que parece, a deputada aprendeu nas piores escolas de como fazer política.


Filha de peixe, com certeza, peixinha é.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami