Jenilson puxa debate sobre terceirização do Huerb e faz esclarecimento à sociedade

O deputado estadual Jenilson Leite , vice-presidente da ALEAC que também é médico infectologista, recebeu na sala de reunião da Assembleia Legislativa os sindicatos que representam os interesses dos trabalhadores de saúde do Estado, representantes de conselhos e profissionais diversos da área de saúde, além de representantes do Ministério Público do Acre para conversar a respeito do processo de terceirização do HUERB (Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco), Hospital de Brasiléia e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) que são de responsabilidade do governo estadual.

Tanto o parlamentar, que é funcionário de carreira do Estado, bem como os sindicalistas são contra a terceirização do HUERB e das UPAS. O governo do rapaz Cameli já anunciou nos meios de comunicação que vem discutindo a ideia de repassar a gestão dessas unidades hospitalares para a iniciativa privada.

Estiveram presentes na reunião o ex-presidente e atual secretário do Conselho Regional de Medicina do Acre Dr. Virgilio Prado, o promotor de justiça Glaucio Ney Shiroma Oshiro- titular da Promotoria Especializada de Defesa de Saúde, Guilherme Pulicci do SINDMED, Jean Lunier e o enfermeiro Adailton presidente do SINTESAC, além de outros representantes como Rosa do SPAT/AC, Enfermeira Yonara do Sindicato dos Enfermeiros, Thor Dantas, professor de medicina, das médicas intensivistas Márcia e Iris e da Médica infectologista Rosana.

Jenilson destacou todas autoridades de saúde presentes, uma vez que foi possível debater esse importante assunto em torno da terceirização do único hospital de emergência de Rio Branco. “Reunimos as autoridades em saúde para debater o assunto, porque a união é através do diálogo e dessa forma é possível encontrarmos uma solução para os problemas, e a casa do povo é o lugar propício”, enfatiza.

O parlamentar lembrou também que a maioria das falas dos presentes foram contra o processo de terceirização. Além disso, Leite pretende ouvir a equipe técnica do governo a respeito do projeto. “Nós não estamos aqui apenas para criticar, contudo, temos o intuito de apresentar alternativas que passe pela eficiência do serviço público” finaliza o deputado.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami