Jenilson doa máscara para servidores de saúde e população de Jordão após primeiro caso de Covid-19

Jenilson doa máscara para servidores de saúde e população de Jordão após primeiro caso de Covid-19

Assessoria

Com o registro do primeiro caso de covid-19 na cidade de Jordão, no interior do Acre, o deputado e médico infectologista, Jenilson Leite ( PSB), está realizando a doação de máscaras para os servidores da saúde que estão atuando na linha de frente ao novo coronavirus.

O deputado também está doando máscara para a população de um modo geral. A doação tem por objetivo resguardar os profissionais de saúde, que lidam diretamente com os pacientes, bem como a população.

As máscaras são itens de primeira necessidade na luta contra a proliferação do coronavirus. ” Jordão é um município isolado e sabemos das condições do sistema de saúde da cidade. Essas máscaras tem como objetivo evitar que mais pessoas sejam contaminadas. É o momento de unimos cada vez mais e lutarmos para que o vírus não se espalhe”.

O município de Jordão tem recebido uma atenção especial do deputado na ALEAC. No tocante ao tema da covid-19, Leite já apresentou várias indicações que beneficia ao município, destarte, para a indicação que deputado solicitou o envio de insumo e EPI’s para a unidade mista de saúde na cidade.

Leonildo Rosas

Related Posts

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo  às eleições de 2022

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo às eleições de 2022

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

No Comment

Deixe uma resposta