Jakson Ramos destaca Educação nos governos petistas de Lula e Dilma

O vereador Dr Jakson Ramos, líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Municipal de Rio Branco, utilizou a tribuna da Casa nesta terça-feira, 14, para ressaltar os avanços conquistados nos governos Lula e Dilma na área da educação. 
Em razão de inverdades colocadas durante a sessão, Jakson Ramos citou avanços como a criação de programas de acesso ao ensino superior, além de investimentos no setor. “Eu venho apenas para trazer à título de informação alguns números que mostram a diferença da abordagem de gestão entre os governos Lula e Dilma e o governo que ora se apresenta presidindo o Brasil em apenas cinco meses de governança. Para se ter uma ideia, o ProUni [Programa Universidade para Todos] não existia, foi criado em janeiro de 2005 no governo Lula. Até 2013 ele forneceu 1, 2 milhão de bolsas de ensino a alunos pobres provenientes do ensino público para o acesso às universidades. O Fies (programa de financiamento estudantil) financiou até 2013, 6 milhões de estudantes ao acesso ensino superior”, disse Ramos.
O vereador falou ainda sobre a criação de universidades federais que foram recordes durante os governos do PT. “Lula e Dilma criaram 18 [universidades federais], enquanto o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que os antecedeu, não criou nenhuma. Juntos, Lula e Dilma ciaram 171 novos campi universitários. Nos gastos com a educação, em 2002, o Brasil investia R$ 17 bilhões e em 2013, já estávamos investindo R$ 94 bilhões. Matriculados em institutos federais de educação em 2002, nós tínhamos 531 mil matriculados, em 2010 nós tinhamos mais da 1 milhão de alunos matriculados, dobramos os alunos matriculados nas escolas técnicas federais, em relação ao aumento da inflação e aplicação de recursos federais na educação,  por exemplo, no período de governo de FHC, a inflação foi de 114% e o reajuste de investimentos na Educação foi de 86,8% e no período dia governos Lula e Dilma a inflação somou 92% e o reajuste chegou na educação chegou a 542%, segundo fontes do Ministério da Educação”, citou. 
Ramos também salientou o desmonte na educação pelo qual passa o Brasil,  com as sucessivas medidas de enfraquecimento do ensino básico e superior no Brasil. “O que estamos encontrando agora nesse desgoverno, em educação – para não falar em outras áreas – é um desmonte da educação no país e das instituições nacionais. Hoje a  presidente da Associação Nacional das Universidades Privadas, é irmã de Paulo Guedes, ministro da economia, cuja principal função [dessa associação] é desmontar as universidades públicas para desvalorizar seus imóveis e seus investimentos para que possam ser adquiridos por grandes investidores, donos de universidades privadas do país. Esse é o objetivo”, opinou Dr Jakson Ramos. 
* Da Assessoria.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami