Importada de Brasília, empresa quer reajuste e ameaça suspender fornecimento de alimentos para os presídios

Contratar empresas sediadas no Acre não é o forte do governo Gladson Cameli.

Essa opção é pública e notória.

O dinheiro público voa para estados mais ricos sem que haja reação dos empreendedores locais.

As “importadas” têm fome.

Falando em fome, uma crise grande pode ser gerada no sistema penitenciário.

Importada de Brasília, a empresa O Universitário Restaurante Ind. Com. e Agrop. Ltda., ameaça suspender o fornecimento de alimentação para os presos.

Alega que está sem receber o pagamento desde julho.

Também propõe que o produto servido seja reajustado.

O repórter Leônidas Badaró, do site ac24horas, fez uma matéria completa, veja aqui.

Veja os ofícios:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami