Homem que se passou por enviado de Elon Musk e enganou acreanos aplica golpes no Mato Grosso e em Goiás

Alguns amigos dizem que só falta dar chuva de fezes no Acre, porque tudo acontece por aqui.

Em dezembro do ano passado, este Portal trouxe a público a história do golpista José Vagner Souza Costa (foto). O moço chegou dizendo que era, simplesmente, representante da Tesla.

E teve muita gente que acreditou, caindo no conto do vigário.

A Tesla, para quem não sabe, é uma das maiores empresas do mundo, cujo proprietário é Elon Musk, considerado o homem mais rico do planeta.

Foi se passando  por enviado do Elon Musk, que  Zé Vagner chegou  dizendo que tinha R$ 400 milhões para investir.

Os crédulos foram enganados direitinho.

Uma das pessoas que quase caiu na lábia do moço foi uma conhecida comerciante, que firmou contrato de compra e venda do seu prédio. O “milionário”, porém, não honrou o pagamento e o negócio não foi efetivado. Há processo e investigação em curso. O número é o IPL 88/2020.

José Vagner vendeu sonho e trouxe pesadelo para os incautos. Anunciou que compraria uma área gigante de propriedade da Imobiliária Fortaleza. Obviamente não comprou.

Com boa lábia, ludibriou e a deputada federal Vanda Milani e pessoas que lhe são próximas. Ele l quase “comprou” a fazenda da parlamentar e, por pouco, não virou parente do secretário de Meio Ambiente, Israel Milani. 

É que o “sócio” de Elon Musk ficou noivo da cunhada de Israel, anunciou que iria casar num buffet chique da cidade e, pasme, iria trazer Bon Jovi para alegrar o enlace.

Pois bem, ele fugiu do Acre e continua dando golpes pelo país a fora.

A editoria do Portal foi contatado por duas pessoas de estados diferentes. Ambas tiveram informações sobre José Vagner a partir da leitura do Espinhoso.

Uma dessas pessoas é do Mato Grosso. Advogada, Bruna Castro escreveu: “Meu nome é Bruna, sou advogada. Estou entrando em contato com vocês por conta de uma notícia que acessei”.

E continuou: “A notícia que está com o vírus é sobre um estelionatário e ele andou dando uns golpes aqui o Mato Grosso também”.

A outra é de Goiás. Empresário, Rodrigo Oliveira escreveu: “Bom dia, irmão! Vi uma reportagem sua referente a um homem que tentou enganar empresários e até a deputada Milani. Você sabe me dizer se ele concretizou algum negócio por ai ou foi só rolo? O mesmo está com a mesma história aqui”.

Veja a primeira publicação aqui.

 

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami