Governador promete afastar responsáveis pelo acidente com estudantes na BR-364, só não revela quem será afastado

Depois que veio a público a frota de irregularidades que culminaram no acidente com mais de 30 alunos que iriam disputar os jogos escolares em Cruzeiro do Sul, o governo do Estado resolveu se posicionar.

Em nota o governador Gladson Cameli garante que foram ordenadas “que as investigações a respeito do acidente sigam em ritmo acelerado, de forma a prestar a sociedade e a família dos estudantes uma pronta resposta acerca do ocorrido”.

Sem citar nomes, Cameli diz que são inaceitáveis falhas verificadas durante todo o processo de escolha, seleção e autorização da viagem.

Ficou determinado, segundo o “Determinador”, que todos os envolvidos diretamente no processo sejam afastados até que as investigações sejam concluídas. “Esse processo tem como objetivo evitar que novas situações ocorram por desatenção ou negligência”.

Também sem apontar como, Cameli informou que todos os motoristas a serviço do Estado passarão por nova triagem para certificação de sua qualificação, bem como os veículos deverão passar por nova revisão para a liberação da frota.

Por respeito à memória da jovem Kelky Pereira, 15, a vítima fatal do acidente, é bom que a nota não seja apenas protocolar.

Até agora, por exemplo, o secretário de Educação e Esporte, Mauro Sérgio, não se posicionou. Parece que se afastou do problema.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami