Governo Cameli descumpre Lei de Responsabilidade Fiscal; Daniel Zen exige transparência

Gladson Cameli gosta de viver perigosamente.

De flertar com a ilegalidade.

O flerte ilegal dessa vez foi flagrado pelo deputado Daniel Zen (PT).

Zen apresentou requerimento ao governo para saber o porquê de os dados e informações relativos ao Relatório Resumido da Execução Orçamentária – RREO do 1º bimestre de 2019 ainda não estão disponíveis no Portal da Transparência.

O prazo para que os dados fossem tornados públicos se encerrou no dia 30 de março de 2019.

A não publicação das informações, segundo o petista, fere a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“Nós já estamos chegando ao final de abril e o relatório ainda não foi publicado, eu gostaria de saber o porquê. A Lei de Responsabilidade Fiscal não está sendo cumprida e isso não pode acontecer. Nós precisamos da publicação desses dados para que possamos fazer a averiguação necessária, porque aquele discurso de que há dívidas no Estado e que por este motivo não está tendo investimento não cola. Governo não tem que guardar orçamento, tem que executar e isso não está acontecendo”, enfatizou.

Em menos de quatro meses, Cameli foi protagonista de outros atos que podem configurar crime de responsabilidade.

Uma hora alguém pode pedir o impeachment.

Ambiente jurídico o próprio governador criou.

Foto: Sérgio Vale.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami