Gladson Cameli exonera madeireira de diretoria no Instituto de Meio Ambiente

Demorou, mas o governador Gladson Cameli cedeu à pressão e exonerou a empresária Adelaide de Fátima Gonçalves.

Do ramo de madeireira, ela exercia o cargo de diretora no Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac).

A nomeação da empresária foi marcada pela polêmica.

O Ministério Público pediu a sua exoneração.

Em dezembro do ano passando, o juiz da Raimundo Nonato, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, determinou o seu afastamento da diretora do Instituto de Meio Ambiente e Análises Climáticas do Acre (Imac).

Ela foi nomeada para exercer a função no dia 2 de outubro. Adelaide de Fátima é ré em um processo por crime ambiental.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami