Gladson anuncia pagamento de salário, mas fornecedores e prestadores de serviço querem saber quando receberão

Gladson Cameli gravou vídeo dizendo que “determinou” o pagamento do salário dos servidores, referente ao mês de fevereiro, nesta sexta-feira.

Fez um carnaval com a informação, embora não seja nada extraordinário, considerando que a data será praticamente o último dia do mês.

Ademais, somente na primeira parcela do FPE de fevereiro, o governo recebeu R$ 54 milhões a mais do que o mesmo mês de 2019.

Cameli é daqueles que acredita na possibilidade de a população se contentar com pão e circo.

Com a economia estagnada, o dinheiro do funcionalismo vai fazer o comércio faturar um pouco mais, ao menos em tese.

Mas, ao tempo que anuncia o pagamento dos funcionários, o governador nem toca no assunto quando se trata do pagamento de fornecedores e prestadores de serviço do Estado.

A falta de pagamento põe em risco o funcionamento de setores vitais, como Saúde, Segurança e até Educação.

Há fornecedores e prestadores de serviço que estão há seis meses sem receber, mas continuam em atividade por compromisso contratual e social.

A situação chegou a tal ponto, que o deputado Fábio Calegário veio a público denunciar a cobrança de propina por membros do governo para os pagamentos serem efetuados.

O governo calou diante da denúncia.

Os órgãos de controle continuam silentes.

Calegário estava hoje ao lado do governador em reunião no Palácio Rio Branco.

Cameli ainda soltou uma pérola ao aconselhar aos foliões. Ele disse: “Se divirtam-se”.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami