Funcionários transportam corpo de morta por coronavírus sem equipamentos recomendados pelo Ministério da Saúde

Elaborado pelo Ministério da Saúde para o manejo de corpos no contexto do coronavírus é bem claro quanto aos equipamentos de proteção individual a ser usados.

“Todos os profissionais que tiverem contato com o cadáver devem usar: gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental impermeável e luvas”, diz trecho do documento.

Dependendo do caso, também devem usar máscaras que filtram partículas do ar, como as do tipo N95 ou equivalentes.

Vídeo publicado pelo repórter Ingresson Derze, da TV Gazeta, mostra claramente que o transporte de corpo de morto pelo coronavírus não está sendo feito de forma correta.

Observe que um dos trabalhadores está de sandálias, em vez de botas.

O corpo transportado no vídeo era da aposentada Maria Lúcia Pismel, 75 anos, que foi a segunda a vir a óbito por coronavírus no Acre.

Veja o vídeo.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami