Flávio Dino vai ao STF para que governadores comprem vacinas sem autorização da Anvisa

O governador do Maranhão, Flávio Dino, ingressou nessa segunda-feira com ação no STF para que os governadores comprem vacinas contra a Covid-19 sem a autorização da Anvisa. Segundo o chefe do executivo maranhense, a medida viabiliza a atuação dos Estados “se o governo federal não quiser agir”

247 – O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-MA), anunciou na manhã desta terça-feira (8), em suas redes sociais, que ingressou com ação judicial no Supremo Tribunal Federal (STF) para que os governadores adquirem vacinas de imunização contra a Covid-19 sem a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Ansisa).

Segundo o governador, a medida viabiliza a atuação dos Estados “se governo federal não quiser”, referindo-se à lentidão do Ministério da Saúde em promover a imediata vacinação da população, no momento que o país atinge 177 mil mortes decorrentes do vírus.

“Ingressei ontem com ação judicial no Supremo. Objetivo é que estados possam adquirir diretamente vacinas contra o coronavírus autorizadas por Agências sanitárias dos Estados Unidos, União Europeia, Japão e China. Com isso, estados poderão atuar, se governo federal não quiser.”, declarou Dino. 

O Ministério da Saúde apresentou, no dia primeiro de dezembro, um plano de vacinação sem informar questões importantes para que ele ocorra, como alternativas para armazenamento das vacinas, como a logística será feita, se e quantas pessoas do Exército participarão da vacinação e assim por diante. 

O plano também gerou diversas críticas pela data que será colocado em prática. Apenas no mês de março de 2021. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami