Até dezembro, Marechal Thaumaturgo tinha quatro médicos do Mais Médico, dois do Estado e um do município.

Só restou uma médica do município para atender uma população de 18 mil pessoas.

Não vão querer inventar de culpar o passado, pois os números não mentem.

E o governador é outro, rapaz!

As unidades do Estado não ficavam sem profissionais. O governo Tião Viana pagava até R$ 25 mil para o médico ficar 15 dias.

Esse incentivo acabou.

A turma do Juruá em Tempo fez uma boa matéria.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami