Falsa farmacêutica é exonerada da Fundhacre

Falsa farmacêutica é exonerada da Fundhacre

Saiu no Diário Oficial de hoje a exoneração de Poliana Moreira de Araújo. Ela foi presa em flagrante pela Polícia Civil do Acre na última quinta-feira, 23, acusada de cometer exercício ilegal da profissão.

Ela estava na Fundação Hospitalar, em Rio Branco, no momento da prisão. Poliana é acusada de atuar como farmacêutica no setor de Nefrologia da referida unidade de saúde.

A prisão foi coordenada pelo delegado Pedro Resende e teve acompanhamento da fiscalização do Conselho Regional de Farmácia do Acre (CRF).

Apesar de ter cursado Farmácia em uma universidade particular de Rio Branco, Poliana não concluiu a graduação e nem tinha registro junto ao CRF, que é obrigatório para atuação do profissional farmacêutico.

Nas redes sociais de Poliana, há fotos da festa de uma formatura, fato que faz parte da investigação policial. Ela foi nomeada como farmacêutica do setor de Nefrologia da Fundação no dia 31 de janeiro de 2019, com salário de pouco mais de R$ 3 mil.

Leonildo Rosas

Related Posts

Sob o (des)governo de Gladson Cameli, Acre chega aos 59 anos sem ter o que festejar

Sob o (des)governo de Gladson Cameli, Acre chega aos 59 anos sem ter o que festejar

Acredite se quiser: Diretor do Deracre diz que obras do governo podem gerar 20 mil empregos diretos e indiretos

Acredite se quiser: Diretor do Deracre diz que obras do governo podem gerar 20 mil empregos diretos e indiretos

TCU faz auditoria na licitação da obra do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia

TCU faz auditoria na licitação da obra do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia

MPE abre procedimento para apurar supostos casos de assédio moral e nepotismo no Deracre

MPE abre procedimento para apurar supostos casos de assédio moral e nepotismo no Deracre

No Comment

Deixe uma resposta