“Fachin está livrando a cara do Moro”, diz Wadih Damous

247 – O advogado Wadih Damous, ex-presidente da OAB-RJ, disse estar “contente”, mas vê com “cautela” a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, que anula todos os processos contra o ex-presidente relacionados à Lava Jato.

Fachin concedeu habeas corpus para declarar a incompetência da 13a Vara Federal de Curitiba para julgar quatro processos que envolvem Lula – o do triplex, o do sítio de Atibaia, o do Instituto Lula e o de doações para o mesmo instituto. Com isso, Lula volta a ganhar seus direitos políticos.

“Estou contente, mas muito cauteloso. Por que Fachin descobriu a pólvora hoje? Qualquer estudante de Direito sabia que a Vara do Moro, em Curitiba, não poderia julgar os processos do Lula”, expôs Wadih.

O advogado diz também que, com a decisão, é como se não houvesse os recursos contra Moro. “Ele está livrando a cara do Moro. Ele está decidindo que a Vara do Moro não detinha competência territorial, ou seja, o que o MPF fez, tá mantido”.

“Se Curitiba não era competente, como os procuradores tinham competência para oferecer denúncia?”, pergunta.

Tem casca de banana aí que a gente tem que sistematizar. E qual vai ser a reação do PGR, vai recorrer? E vai para o pleno, onde sabemos que a Lava Jato, até anteontem, tinha maioria?”, indaga ainda o ex-deputado federal.

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e assista à superlive sobre o assunto:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami