Exoneração de procurador-geral é publicada no Diário Oficial

O governador em exercício, Wherles Rocha, levou ao Diário Oficial do Estado a exoneração do procurador-geral do Estado, João Paulo Setti.

Setti é citado pelo ex-procurador-geral de Justiça Edmar Monteiro como um dos participantes do chamado “Esquema dos Precatórios”.

Tudo ainda está em fase de investigação.

Entidades ligadas à Procuradoria-Geral do Estado publicaram notas duras na defesa de João Paulo Setti, que deverá ser reconduzido ao cargo no retorno do governador Gladson Cameli, que foi dar um “rasante”em Glasgow, na Escócia.

A defesa feita pelas entidades da PGE são óbvias, pois trata-se de um dos seus integrantes atingidos, até agora sem prova, por uma decisão com claras conotações política.

O que causa estranheza é que, até agora, Gladson Cameli não tenha feito uma postagem nas suas redes sociais na defesas de um dos seus mais importantes assessores.

O silêncio do governador não é normal.

Esse é o caso a se pensar.

Não é demais destacar que toda história começou dentro do gabinete do próprio governador. Edmar Monteiro, o denunciante é assessor de Gladson Cameli e comunicou que iria levar o caso à Polícia Federal.

É muito estranha essa omissão de Cameli.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami