Estrela solitária: STJ renova prisão de empresário amigo do governador

Por Fábio Pontes

O empresário Rudilei Estrela, amigo pessoal do governador Gladson Cameli (PP), teve sua prisão temporária renovada por mais cinco dias pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Preso na última quinta, 16, durante a operação Ptolomeu, da Polícia Federal, Estrela poderia sair do presídio amanhã, mas vai passar a festa de Natal detido.

Ele é um dos investigados pela Polícia Federal por, supostamente, integrar a organização criminosa instalada dentro do Palácio Rio Branco que desviava recursos do SUS e do Fundeb.

O governador acreano também é um dos alvos da investigação.

O esquema, que teria movimentado ao menos R$ 800 milhões dos cofres públicos, veio à tona na semana passada, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Ptolomeu.

Na ocasião, agentes federais cumpriram mandados de busca e apreensão nas casas de Gladson Cameli e dentro da sede do governo do Acre.

O pai do governador, Eládio Cameli, também recebeu a “visita” da PF, em Manaus, Amazonas.

À medida que as investigações avançam, após a apreensão de um farto material nas casas dos investigados, a PF vai obtendo novas e robustas provas sobre o modus operandi da organização criminosa.

-Assim, é possível que ainda essa semana novos mandados (incluindo de prisão) sejam pedidos ao STJ. Mesmo com o recesso do Judiciário, há os ministros que se revezam nos plantões nesta época do ano.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami