Erramos – Alessandra Marques estava certa sobre Ageac; fato não isenta atual gestão de ato de improbidade

Erramos.

O Portal do Rosas errou ao abordar pronunciamento da promotora Alessandra Marques acerca da nomeação do diretor-presidente da Ageac.

Mencionamos apenas a existência de duas leis, uma de 2003 e outra de 2014.

Pesquisando, verificamos a existência de outra lei, a nº 1.969, de 4 de dezembro de 2007.

O diretor-presidente, portanto, exerceu o cargo irregularmente, como disse a promotora.

O fato, porém, não exime o atual governo de ato de improbidade administrativa.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami