Entrou água: Documento do Dnit comprova que não há dinheiro para a obra do anel viário de Brasileia

Há pouco mais de duas semanas, este Portal trouxe a público que os projetos elaborados pelo governo do Estado para a construção do anel viário de Epitaciolândia e Brasileia haviam sido todos reprovados pela empresa contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit). Veja aqui.

Mas não há nada tão ruim que não possa piorar.

O Portal teve acesso a um documento, assinado pela chefe da Divisão de Programação e Execução Orçamentária do Dnit, Ludmila Gomes Martins Mustafé, que pode ser uma pá de cal no anseio da população e nas promessas dos governantes.

Segundo a chefe de divisão, simplesmente inexiste os R$ 35,8 milhões necessários para a obra previstos na Lei Orçamentária Anual deste ano.

Ainda segundo, a chefe, cabe à Superintendência Regional do Dnit no Acre e a Coordenação Geral Construção Rodoviária solicitar a abertura de crédito especial para o atendimento da demanda.

Fato estranho é que o Acre elegeu o senador Marcio Bittar (MDB) para representar o Estado.

Bittar, no entanto, destinou R$ 50 milhões de emendas extra-orçamentárias para municípios de Goiás e Ceará.

O relator do Orçamento, pelo visto, se esqueceu de garantir os recursos necessário para uma obra tão importante como o anel viário.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami