Empresa do primo de Gladson vai fazer obra do Palácio da Secretárias

Empresa do primo de Gladson vai fazer obra do Palácio da Secretárias

Durante a campanha, Gladson Cameli declarou que as empresas da sua família não iriam fazer transações comerciais com o governo do Estado.

Eram apenas palavras de um político que não prima por honrar o que diz.

Já durante o pico da pandemia da Covid-19, o governo do Estado contratou por mais de R$ 4 milhões, sem licitação, a empresa de um primo de Cameli para construir o hospital de campanha do Juruá.

Agora, mais uma vez, um primo do governador leva obra sem participar do devido processo licitatório com ampla publicidade.

Trata-se de CZS Engenheria Eireli, cujo sócio majoritário é Orleilson Cameli.

A empresa levará R$ 5.2 milhões para executar as obras de reforma e readequação do Palácio das Secretarias, onde funciona a Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Seplag).

Como dito anteriormente, não houve licitação com ampla publicização.

É uma obra financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, dentro do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Acre (PSDA).

A modalidade de escolha da empresa se deu por comparação de preço, uma espécie de carta-convite, que dispensa maiores formalidades e complexidades.

Segundo fonte do Portal, há várias outras obras a serem executadas dessa forma.

Essa modalidade não é ilegal. Tem até acórdão do Tribunal de Contas do Estado atestando a legalidade. O questionamento pode ser outro.

Enquanto a obra é executada, a Seplag alugou um prédio da senhora Rita Severiano de Souza Rocha, que é casada com o Ademir Rocha, que vem a ser tio do vice-governador Wherles Rocha.

Tudo isso deve ser mera coincidência.

Leonildo Rosas

Related Posts

Educação de Cruzeiro do Sul mostra como Marcio Bittar deve ser tratado por  chamar professores de privilegiados

Educação de Cruzeiro do Sul mostra como Marcio Bittar deve ser tratado por chamar professores de privilegiados

Não foi por bom senso: Gladson recua nas pinturas de prédios e espaços público por medo de ações judiciais

Não foi por bom senso: Gladson recua nas pinturas de prédios e espaços público por medo de ações judiciais

Empresas de primos do governador faturam R$ 36 milhões para duplicar  estrada do aeroporto de Cruzeiro do Sul

Empresas de primos do governador faturam R$ 36 milhões para duplicar estrada do aeroporto de Cruzeiro do Sul

Preso pela PF em operação no Amazonas, empresário acreano se dizia nas redes sociais contra a corrupção

Preso pela PF em operação no Amazonas, empresário acreano se dizia nas redes sociais contra a corrupção

No Comment

Deixe uma resposta