Empresa do primo de Gladson vai fazer obra do Palácio da Secretárias

Durante a campanha, Gladson Cameli declarou que as empresas da sua família não iriam fazer transações comerciais com o governo do Estado.

Eram apenas palavras de um político que não prima por honrar o que diz.

Já durante o pico da pandemia da Covid-19, o governo do Estado contratou por mais de R$ 4 milhões, sem licitação, a empresa de um primo de Cameli para construir o hospital de campanha do Juruá.

Agora, mais uma vez, um primo do governador leva obra sem participar do devido processo licitatório com ampla publicidade.

Trata-se de CZS Engenheria Eireli, cujo sócio majoritário é Orleilson Cameli.

A empresa levará R$ 5.2 milhões para executar as obras de reforma e readequação do Palácio das Secretarias, onde funciona a Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Seplag).

Como dito anteriormente, não houve licitação com ampla publicização.

É uma obra financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, dentro do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Acre (PSDA).

A modalidade de escolha da empresa se deu por comparação de preço, uma espécie de carta-convite, que dispensa maiores formalidades e complexidades.

Segundo fonte do Portal, há várias outras obras a serem executadas dessa forma.

Essa modalidade não é ilegal. Tem até acórdão do Tribunal de Contas do Estado atestando a legalidade. O questionamento pode ser outro.

Enquanto a obra é executada, a Seplag alugou um prédio da senhora Rita Severiano de Souza Rocha, que é casada com o Ademir Rocha, que vem a ser tio do vice-governador Wherles Rocha.

Tudo isso deve ser mera coincidência.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami