Emenda de Edvaldo garante apoio ao produtor rural em empréstimo contraído junto ao Fonplata

Assessoria

Uma emenda do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), ao projeto que autoriza o governo do Acre a contrair empréstimo de US$ 41 milhões junto ao Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), foi fundamental para garantir recursos para o setor rural do Acre, sobretudo, o fomento às culturas perenes.

O projeto de lei e a emenda foram aprovados hoje (19) em reunião conjunta das comissões de Orçamento e Finanças e de Serviço Público. O projeto inicial não visava investimentos nesta área. Desde o início da tramitação da matéria no parlamento acreano, Edvaldo defendeu a priorização do setor rural, com um olhar específico para as culturas perenes e sustentáveis como o cultivo do café.

Antes mesmo da matéria ir à votação, Edvaldo Magalhães questionou a falta de investimento na Agricultura, pasta que perdeu no Orçamento, para o exercício de 2022, um montante de R$ 20 milhões.

“Nós não podemos autorizar aqui um empréstimo, sem carimbar aqui um dinheiro direto para a produção. Nós precisamos ter um dinheiro mais direto para investir nas culturas permanentes, investir na nossa produção. Este vai ser o último empréstimo autorizado e quem sabe o único contratado no governo Gladson. Então foi nesse sentido a nossa emenda, para que chegue lá na ponta, em quem precisa, que é o nosso produtor rural, da agricultura familiar”, disse o parlamentar ao comemorar a aprovação.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami