Em estado grave por causa da Covid-19, líder da Assembleia de Deus espera autorização médica para viajar a São Paulo

Pastor Luiz Gonzaga permanece na UTI e passará por nova avaliação à noite

É grave situação do presidente da Assembleia de de Deus no Acre, pastor Luiz Gonzaga de Lima.

Ele está internado e entubado em razão de complicações provocadas pela COVID-19.

Em comunicado interno da igreja é relatado que o líder religioso permanece na UTI e ainda não apresenta condições de estabilidade exigidas para o transporte aéreo para São Paulo.

Ainda segundo o comunicado, a noite será realizada nova avaliação médica.


“Sigamos firmes e constantes no propósito e batalha de oração, jejum e humilhação na presença do Senhor, que é Todo-Poderoso para nos conceder a vitória”, pede o comunicado.

Em junho deste ano, o Ministério Público Federal , por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), enviou ao Ministério Público do Acre representação cível e criminal contra a Igreja Assembleia de Deus em Rio Branco e o pastor Luiz Gonzaga.

Constam da representação as notícias que, ao menos em duas oportunidades, a congregação promoveu reunião com mais de 100 pessoas, desrespeitando o decreto estadual que veta atividades religiosas presenciais em razão da pandemia de Covid-19. Tal prática, segundo a PRDC, configura, além de crime, ilícito contra a saúde pública.

No mês passado, o juízo da 2ª Vara de Fazenda Pública da Comarca de Rio Branco concedeu limitar determinando que a Igreja Evangélica Assembleia de Deus e o pastor Luiz Gonzaga de Lima não realizassem cultos e outros tipos de atividades religiosas. 

A Assembleia de Deus é a maior denominação evangélica no Brasil e uma das maiores no mundo, contabilizando mais de 66 milhões de membros.

Em Rio Branco (Acre), possui mais de 15 mil membros e congregados distribuídos em 127 filiais, mais o templo-sede.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami