Edvan Maciel deverá ser exonerado da Sepa na próxima semana

Há rumores que deputado José Luiz Tchê pode ser convidado para o cargo de secretário

A declaração meia-boca de Edvan Maciel apoiando à candidatura da prefeita Socorro Neri (PSB) não convenceu ao governador Gladson Cameli.

É tanto que Maciel está, segundo fonte palaciana, com o pescoço na guilhotina e deve ser exonerado esta semana do cargo de secretário de Pecuária e Agronegócio.

“O suposto apoio do Edvan só saiu na imprensa. Ninguém viu ou ouviu uma declaração pública dele apoiando à prefeita. Isso deixou o governador muito insatisfeitos”, disse a fonte.

Ainda segundo a fonte, Edvan Maciel permanece quieto por lealdade à deputada federal Mara Rocha (PSDB), que apoia o professor Minoru Kinpara e é assumidamente desafeta de Cameli.

Semana passada, em comunicar ao secretário, o governador exonerou Lúcio Cezar da Cunha, do cargo de diretor, sem ao menos comunicar ao secretário

O diretor exonerado era ligado aos irmão Mara e Wherles Rocha.

A situação é tão insustentável, que Lúcio Cezar foi à uma solenidade representar ao secretário sem saber que havia sido exonerado.

Para o lugar de Edvan Maciel, há rumores de que o deputado estadual José Luiz Tchê (PDT) deverá ser convidado.

Caso seja convidado e aceite, Tchê abre a possibilidade para que o ex-secretário de Saúde Gemil Júnior assuma na Assembleia Legislativa.

Edvan Maciel tornou-se secretário com o apoio dos pecuaristas, em substituição ao pesquisador da Embrapa Paulo Wadt, que, apoiando pelos Rocha, prometeu “rondonizar” o Acre.

Related Posts

One thought on “Edvan Maciel deverá ser exonerado da Sepa na próxima semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami