Edvaldo Magalhães quer Aleac na defesa da Ufac

O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) quer a Assembleia Legislativa (Aleac) participando ativamente na defesa da sobrevivência da Universidade Federal do Acre (Ufac).

“Temos assistido, atônitos, aos desmandos do governo federal no âmbito da universidade pública”, declarou.

Na sessão desta terça, o comunista apresentou Moção de Apoio à Universidade FUfac, que poderá ter seu funcionamento comprometido ou inviabilizado, a partir do segundo semestre, caso tenha seu orçamento cortado em 30%, valor estimado em R$ 15 milhões.

“A Ufac se constitui, por seu papel de relevância social e cultural, patrimônio do povo acreano e tem atuação decisiva no processo de formação e qualificação profissional em diferentes áreas do conhecimento”, destacou.

Segundo o deputado, a educação deve ser tratada como prioridade em todos os países e nações que almejam alcançar um maior desenvolvimento, com qualidade e responsabilidade, diminuindo as desigualdades sociais.

“Nesse sentido, a quem interessa um ensino superior sucateado?”.

Magalhães salienta que é preciso, mais que nunca, lutar para que a Universidade Pública Brasileira seja resguardada, mantida e financiada pelo estado brasileiro, como forma de zelar pelo cumprimento dos preceitos constitucionais e assegurar sua função pública.

Foto: Sérgio Vale.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami