Edvaldo Magalhães propõe que apenas empresas que fazem táxi aéreo no Acre tenham direito à redução do ICMS

O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) entrou numa briga boa de ser brigada.

O comunista protocolou requerimento na Assembleia Legislativa propondo que a redução do imposto sobre combustível seja somente para as empresas que fazem táxi aéreo no Acre.

“Defendendo que a medida beneficie apenas as empresas do nosso estado.

Quem não respeita o consumidor, não merece desconto”, afirma.

Para o deputado, reduzir impostos para as grandes empresas de aviação (GOL e Latam, não trouxe benefício algum à sociedade acreana.

“Nós, acreanos, continuamos pagando preços absurdos em passagens aéreas”, constata.

No início do ano, o governador Gladson Cameli anunciou a redução ICMS sobre o combustível para as empresas aéreas, que passaram a pagar apenas 3%.

A medida foi vendida com uma das soluções do transporte aéreo, bem como a redução do custo das passagens.

A qualidade do serviço continua ruim e os preços, literalmente, nas alturas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami