Douglas Thomaz pode ser o coronel escolhido para comandar a PM; Ezequiel Bino iria para o subcomando

Douglas Thomaz foi promovido ao posto de coronel da Polícia Militar recentemente.

Em menos de um mês, pode galgar novo posto: o de comandante da corporação.

Thomaz poderá substituir o coronel Mário Cézar Freitas, que bateu de frente com os interesses políticos dentro da corporação.

Convidado pelo vice-governador, Wherles Rocha, Mário Cézar largou a reserva para mostrar serviço. E isso desagradou a quem pensa mais em política do que em polícia.

Braços políticos de Rocha, associações de militares pediram a exoneração do comandante. O que caminha para acontecer.

Tido como mais flexível e operacional, Thomaz foi visto como a escolha perfeita pelo vice-governador Wherles Rocha.

Também haverá substituição no subcomando.

Primo do governador Gladson Cameli, o coronel José Messias dará lugar a Ezequiel Bino.

A nomeação de Messias foi escolha do governador. Mas desagradou a Rocha.

O governador teria aceitado as substituições para não abrir guerra com o seu companheiro de chapa.

Fato é que, sob aliderança de Rocha, as forças de segurança do Acre vivem uma crise sem precedentes.

O vice-governador, que montou toda a equipe, está pedindo a exoneração dos seus convidados para os cargos.

A bolsa de apostas para substituir o atual comandante apontava como favoritos os coronéis Ricardo Brandão e Ezequiel Bino, mas esses seriam mais difíceis de manobrar.

Douglas Thomaz é filho do também coronel Jair Thomaz, que comandou a PM no governo Romildo Magalhães.

Procurado pela reportagem, Thomaz desconversou, disse não saber de nada, mas que está disposto a servir à Polícia Militar.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami