Dnit pretende dar tráfego na ponte do Rio Madeira até o fim do ano

Iniciada no governo da presidente Dilma Rousseff e vendida pelo governador Gladson Cameli como no “Canal do Panamá”, a ponte sobre o Rio Madeira pode dar tráfego até o fim ano.

Essa é a previsão da direção do Departamentos Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Em reunião com a bancada federal de Rondônia, a direção do Dnit disse que até o final deste ano, cerca de 200 quilômetros da BR-364/RO estarão totalmente recuperados e em boas condições de trafegabilidade.

No próximo mês, serão iniciados a obra de fundação do elevado que vai dar acesso à ponte do Abunã, situada na BR-364 na divisa de Rondônia com o Acre, bem como os serviços de terraplenagem do segmento adjacente.

O Dnit está intensificando os trabalhos para liberar o tráfego na ponte até o final do ano.

As informações foram transmitidas aos parlamentares de Rondônia, que se reuniram com a direção do Dnit por videoconferência.

O diretor-geral da Autarquia, general Antônio Leite dos Santos Filho, destacou que a estrutura da ponte foi totalmente concluída no final do ano passado, conforme previsto no cronograma. Acrescentou que na implantação de um dos acessos à estrutura foi encontrado um trecho de solo mole que exige uma complexa solução de engenharia.

“Teremos que construir um elevado de 440 metros, que é um prolongamento da ponte, além de um aterro de 1.400 metros, com até 10 metros de altura”, explicou.

Ao detalhar os contratos de manutenção em andamento na BR-364/RO, o general Santos Filho observou que o Dnit está destinando um considerável volume de recursos para a rodovia, de cerca de R$ 120 milhões, o que resultará em melhores condições de trafegabilidade até o final do ano.

Mencionou os serviços executados nas proximidades de Ariquemes e disse que as obras na rotatória serão iniciadas em junho, quando o lençol freático baixar de nível.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami