Dnit multa empresa de Jarbas Soster em R$ 1,6 milhão

MSM fica impedida de licitar e contratar com a União por 15 meses

Vai custar caro os arroubos do empresário-politico Jarbas Soster contra o Departamento Nacional de infraestrutura Terrestre (Dnit).

Recentemene, o empresário gravou vídeo fazendo acusações graves contra o órgão. Veja aqui.

Soster sentirá a dor no bolso.

O Diário Oficial da União trouxe decisão dura do coordenador de engenharia substituto do Dnit no Acre, Marivaldo Almeida de Oliveira.

Almeida de Oliveira, com base na legislação, aplicou a multa de R$ 1,6 milhão à empresa MSM Industrial Ltda, por descumprimento de contrato.

A decisão também determina que a empresa de Jarbas Foster seja impedida de licitar e contratar com a União pelo prazo de 15 meses.

O paradoxal é que, há pouco tempo, a MSM foi contratada pelo governo do Acre, por meio do Deracre, para realizar as obras da estrada conhecida como Variante, em Xapuri.

Embora seja contratada por um órgão estadual, a obra, orçada em R$ 21,3 milhões, será executa com recursos do governo federal, por meio de emenda do senador Marcio Bittar.

Recentemente, o governador Gladson Cameli acusou a MSM de “mergulhar” no preços das obras e depois não tem como executar o contrato. Veja aqui.

Como conhece a forma da empresa atuar, seria bom Cameli verificar se houve “mergulho” nas obras da Variante. Há indícios de que o “mergulho” foi profundo.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami