Direção do PSL emite nota negando que funcionária foi abusada na sede do partido e defende investigação

A direção do PSL encaminhou nota ao Portal do Rosas negando que uma funcionária tenha sido abusada sexualmente nas dependências da sede do partido.

Na nota, os dirigentes relatam que a moça saiu da sede “pelas próprias pernas” e que defendem todas as investigações.

O Movimento PSL Mulher também emitiu nota atacando setores da imprensa e destacando a defesa dos valores inegociáveis da família.

O Portal fez a matéria baseada em Boletim de Ocorrência registrado pela suposta vítima na delegacia especializada.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami