Direção do Depasa deixa faltar produtos químicos e as duas estações de tratamento de água de Rio Branco estão paradas

Se faltar água nas torneiras dos lares de Rio Branco, a culpa é da direção do Depasa.

Sob o comando de Tião Fonseca, a autarquia deixou faltar produtos químicos para fazer o tratamento da água captada no Rio Acre.

O resultado da inépcia administrativa é que as duas estações de tratamento de água em Rio Branco estão paralisadas.

A notícia não poderia ser pior, haja vista que neste momento de pandemia do novo coronavírus a higiene nos lares e espaços públicos é fundamental.

Segundo fonte do Portal, em 21 anos nunca aconteceu de precisar parar as duas ETA por falta de produto.

“Enquanto falta produto, a diretoria paga quase seiscentos mil para a empresa da família do presidente Tião Fonseca”, lamentou a fonte do Portal.

O pagamento ao que a fonte se refere foi o denunciado aqui no Portal, dando conta que uma das primeiras providências de Fonseca foi pagar um reajuste de quase R$ 600 mil à empresa Bucar Engenharia, que é tem a esposa do diretor-presidente como sócia.

Veja a denúncia que não mereceu a devida apuração do governador Gladson Cameli aqui.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami