Dia de conscientização pelo direitos das mulheres negras é marcado com muito diálogo pela luta de um povo

Por Marcelo Torres

Na última quinta-feira, 25, foi realizado o II Encontro de Mulheres Negras, em alusão ao Dia Nacional da Mulher Negra, que teve por objetivo dar visibilidade a luta das mulheres negras e a extrema vulnerabilidade em que vivem.

O Encontro acontece dentro da quinzena da mulher negra, a atividade já é desenvolvida há 10 anos. Encontro de Mulheres Negras é organizado por um comitê composto pelo Movimento Negro, Associação de Mulheres Negras, órgãos governamentais e Movimento Social.

Várias lideranças de diversos movimentos prestigiaram, participando e refletindo conjuntamente as desigualdades e vulnerabilidade que atingem as Mulheres Negras.

“No nosso dia a dia vivenciamos vários aspectos trazidos pelos nossos antepassados, bem como a culinária africana e vai do mugunzá ao acarajé, xinxim de galinha, vatapá tudo o que há de gostoso na nossa cozinha”, explicou a representante das associação das mulheres negras do Acre, Almerinda Cunha.

Almerinda ressalta ainda que foi um encontro vitorioso que mostra a necessidade urgente de unirmos numa frente para defender os excluídos e violentados, onde estão inclusas as Mulheres Negras. O dia 25 e o Dia Internacional da Mulher NEGRA latino-americana e Caribenha.

“O testemunho de vida das mulheres negras, as falas de esclarecimento sobre o Marco Regulatório e ações afirmativas mostra a urgência da união das mulheres para conquistar seus direitos e barrar o genocídio da população negra”, declarou Cunha.

Estiveram no Encontro, representantes do Departamento de Igualdade Racial do Município e do Estado, conselhos de Promoção da Igualdade Racial e secretarias de Educação, Mulheres e Direitos Humanos.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami