Deputados são convidados por nora de Bestene para ato na Ageac; o nome dela foi reprovado por 20 a 1 votos

Robustecida de ilegalidade nas nomeações do seu quadro dirigente, a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Acre lança, nesta quarta-feira, a campanha Ageac é legal.

O convite foi enviado aos deputados e foi encarado por alguns como declaração de guerra ao Parlamento.

Uma afronta à decisão soberana do Legislativo.

O fato foi considerado afrontoso porque uma das autoras do convite é a nora do deputado José Bestene, Mayara Cristine de Lima, que teve o seu nome reprovado, semana passada, para comandar a agência.

A Ageac está quilômetros de ser legal.

O deputado Edvaldo Magalhães (PC d B) mergulhou na legislação que criou a agência e verificou que todo o corpo dirigente foi nomeado ilegalmente.

Mas, ignorando a decisão dos deputados e à legislação, Cameli manteve a nora do seu aliado no cargo.

Cameli parece esnobar, pois praticou outro ato que atenta contra a lei e a recomendação do Ministério Público Estadual: enviou mensagem pedindo que os deputados aprovem o nome do condenado Alércio Dias para a presidência do Acreprevidência.

Caminha para ser derrotado.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami