Deputado Leo de Brito denuncia Bocalom no MPE e no TCE por dispensar licitação para contratar, por R$ 600 mil, produtora que fez a sua campanha

O deputado federal Leo de Brito (PT) ingressou com representações contra o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas), no Ministério Público Estadual (MPE) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), na manhã desta quinta-feira.

Nas representações, o parlamentar pede que sejam investigados os procedimentos que culminara, pelo poder púbico municipal, na contratação, por dispensa de licitação e em caráter emergencial, da empresa Cidade Agência de Publicidade e Propaganda, no valor de R$ 600 mil.

Leo de Brito pede que seja instaurado inquérito civil para apurar atos de improbidade administrativa e contra a administração pública.

“A dispensa de licitação é oriunda da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco-Acre no momento da maior crise sanitária de todos os tempos, a Pandemia do Coronavírus. Atualmente, há repasse de verbas do Governo Federal para Estados e Municipíos combaterem ao Covid-19 e os recursos devem ser destinados a essa situação de calamidade pública”, escreveu o deputado.

Segundo o petista, a falta de planejamento, organização e infraestrutura da Saúde no município de Rio Branco têm gerado o agravamento da doença em muitas pessoas e, consequentemente, aumentado o número de vítimas fatais.

“A vacinação da população, inclusive, tem sido das mais lentas do país, o que demonstra a falta de eficiência na gestão pública municipal de saúde”, destacou.

A primeira matéria informando sobre a contratação da empresa foi publicada por este Portal. Veja aqui.

A produtora fez a campanha do prefeito nas eleições de 2020, inclusive foi apontada como pé-quente, pelo senador Sérgio Petecão.

Veja o video:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami