Deputado da base confirma o que o Portal do Rosas falou: A culpa pela não recuperação de ramais será do governo Cameli

Demorou para cair a ficha.

Semana passada, o Portal do Rosas alertou para a fraude política que é a história dos R$ 94 milhões de emenda de bancada para recuperação de ramais.

Com meses de atraso, o deputado Roberto Duarte (MDB) apontou o dedo para o verdadeiro culpado: o governo do Estado.

As palavras de Duarte ratificam reportagem do Portal.

Antes de embarcar para a Colômbia, o governador Gladson Cameli garantiu que as licitações para as obras teriam início em junho.

Foi, veio e não aconteceu nada.

A determinação do Determinador é confrontada com a realidade.

“Não houve pelo menos abertura de licitação para o conserto dos ramais. Sequer as licenças foram liberadas”, informou o deputado.

Duarte criticou o atual governador por se prender ao passado. Segundo ele, a administração estadual será a única responsável, caso haja a perda do dinheiro.

A verdade é que os recursos para os ramais seguiram o caminho errado para prejudicar o governo passado.

Alocaram a emenda no Ministério da Agricultura, onde está acomodado um afilhado político do ex-senador e atual governador Gladson Cameli.

Inicialmente, a emenda era superior a R$ 150 milhões.

O governo Michel Temer, que teve o apoio do atual governador e do vice-governador, contingenciou R$ 60 milhões, sem que houvesse reclamação.

Além do contingenciamento, fizeram a emenda pior do que o soneto.

Colocaram recurso apenas para a recuperação dos ramais, sem levar em conta as pontes e os bueiros.

Sem pontes e bueiros, a Caixa Econômica Federal não libera o dinheiro.

Para piorar, seria necessário outro valor superior a R$ 90 milhões para realizar o que é exigido.

Mas, como disse o rapaz: “Dinheiro tem, o que falta é gestão”.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami