Declaração guerra no Parquet; promotora faz insinuações graves contra colegas do MPEAC

Declaração guerra no Parquet; promotora faz insinuações graves contra colegas do MPEAC

Inconformada com a postura de membros do Ministério Público Estadual, que, de forma serena e coerente, se posicionaram contra o preconceito religioso dentro da instituição, a promotora Alessandra Marques voltou às redes sociais para declarar guerra aos desafetos.

Sem citar nomes, Marques acusa colegas de não agirem com a independência necessária para o exercício da atividade.

Segundo ela, nunca foi promovida fora da Constituição, não viveu de diárias e nunca praticou crime eleitoral.

Fez insinuações graves, que merecem apuração rigorosa.

A pergunta: se é defensora da lei, e sabia de tudo isso, por que nunca denunciou as supostas irregularidades?

Marques deverá ser processada pelo ativista e babalorixá Germano Marino, por preconceito religioso.

A guerra está aberta no parquet.

Sigamos com os próximos capítulos.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami