De muletas, corredor com paralisia já ganhou 82 medalhas no AC e vai subir os Andes para alcançar os mil km

Por Aline Nascimento, G1 AC — Ediberto dos Santos, de 40 anos, tinha tudo para ser uma pessoa acomodada em casa inconformada com a condição física. Há cerca de nove anos, ele foi acometido por uma meningite, perdeu parte dos movimentos das pernas, mas ganhou uma nova razão para viver: a corrida.

Com ajuda de uma muleta para andar, o Ediberto se transformou no Edy Savage, apelido dado pelos colegas de maratonas por causa da força, coragem e garra aplicadas em cada competição que participa.

O novo Edy já ganhou 82 medalhas e cinco troféus de destaque em cinco meias maratonas disputadas em Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Epitaciolândia, onde mora, interior do Acre. No próximo sábado (31), o competidor vai realizar o sonho da primeira maratona internacional, a Andes Race, em Cusco, Peru.

Matéria completa – G1/AC

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami