Daniel Zen diz que governo está apavorado com CPI da Educação

Por Assessoria

O deputado estadual Daniel Zen (PT/AC) mantém pressão pela instalação da Educação para apurar os escândalos na Secretaria de Educação do governo Gladson Cameli, que já envolve compra de computadores, sacolões, merenda escolar e até de livros didáticos.

Nesta terça-feira, 27, o líder do PT e os demais integrantes da bancada de oposição reacenderam as críticas ao Governo do Acre, flagrado na tentativa de aprovar um novo requerimento para estender o pedido de investigação para 2016.

“O governo quer que gastemos tempo avaliando dados relativos aos anos de 2016, 2017 e 2018, período que já foi analisado pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE), e cujos fatos já foram objeto de diversas sindicâncias, para não dar tempo de analisarmos os fatos presentes, relativos aos anos de 2019 e 2020”.

Na sessão, Zen afirmou que deputados tem conflito de interesse porque CPI da Educação pode vir a descobrir e tornar público casos graves de fraude e corrupção.

“Não vou abrir mão da nossa CPI. O Governo está tentando sabotar a Educação para salvar a pele dos envolvidos, transferindo a responsabilidade da gestão para as pessoas que estão no andar de baixo da hierarquia funcional da Secretaria de Educação, temendo pagar o pato pelos seus chefes. É uma vergonha”, repreende o parlamentar.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami