Daniel Zen cobra transparência nos gastos de combate à pandemia no Acre

Daniel Zen cobra transparência nos gastos de combate à pandemia no Acre

Assessoria

O deputado estadual Daniel Zen cobrou, mais uma vez, em sessão on-line da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) desta terça-feira (4), a necessidade de instituir uma Comissão Especial para acompanhar os gastos e as medidas tomadas pelo Poder Executivo no enfrentamento à pandemia da covid-19.

Segundo relatório do próprio Tribunal de Conta da União (TCU), o Acre é o terceiro estado do país que mais recebeu recursos, proporcionalmente. Ao ressaltar a importância da Comissão, o parlamentar frisou que o legislativo pretende ajudar a desacelerar a disseminação do novo coronavírus.

“A curva de contaminação e óbitos por covid-19 continua alta na capital e nos municípios, mas os investimentos na saúde pública do estado persistem em nível baixo. Faltam reagentes para exames, remédios e EPIs. Só não faltam recursos”, pontuou.

Zen explicou também que por meio da Comissão, os parlamentares vão apresentar sugestões de cobranças efetivas para o uso dos investimentos corretos no tempo adequado. “Estamos de frente a uma realidade que não tem carência de investimentos, o problema não é a falta de recursos. Então, precisamos melhorar, tanto no estado, quanto nos municípios, e entender a real situação das medidas e ações encampadas”, finalizou o parlamentar.

Leonildo Rosas

Related Posts

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo  às eleições de 2022

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo às eleições de 2022

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

No Comment

Deixe uma resposta