“Como fica o pequeno produtor com a mudança de pavimentação dos ramais pelo Estado? ”, questiona Forneck

A distribuição injusta dos R$ 93 milhões de emendas da Bancada Federal, destinados a abertura e manutenção de ramais no Acre, foi questionada pelo vereador do PT, Rodrigo Forneck. Dos 22 municípios acreanos que seriam contemplados, apenas seis vão receber o investimento por decisão do governo do Estado.

No planejamento da gestão anterior, em Rio Branco o investimento de R$ 5 milhões beneficiaria 55 ramais, com a pavimentação de 451 quilômetros de estrada. Com a mudança, apenas dois ramais na capital serão pavimentados.

“Pasmem, o governo do Estado ampliou o investimento para R$ 17 milhões, entretanto, apenas dois ramais serão contemplados. Eu quero entender essa engenharia. Na justificativa deles, explicam que os acessos possuem potencial da pecuária de leiteira, ou seja, irão beneficiar o grande produtor. Nada contra beneficiar o grande, mas como é que fica a situação do pequeno produtor de Rio Branco? ”, indagou Forneck na sessão desta terça-feira, 22.

Rodrigo solicitou aos vereadores da base do governo do Estado que justifiquem o tipo de obra, que será feita nos únicos dois ramais contemplados, e porquê de o valor do investimento ser tão alto. “Quero entender esse aumento no valor do investimento e a redução drástica na quantidade de ramais. É uma equação que na minha cabeça não bate”, salientou o parlamentar, que é líder do Executivo Municipal no Legislativo.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami