Ciro Nogueira “se desmoraliza” ao não conter Bolsonaro, avalia ministro do STF

247 – Um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliou que o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), não está cumprindo o seu papel de segurar os ânimos dentro do governo e conter os ataques de Jair Bolsonaro às urnas eletrônicas e ao Judiciário, principalmente, ao Supremo e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo a coluna de Lauro Jardim, o titular da Casa Civil tem dito a alguns ministros do Supremo que pediu moderação a Bolsonaro. Um magistrado da Corte demonstrou o desconforto com o trabalho de Ciro. “Não basta nos explicar que ele pede ao presidente para baixar o tom. Se o presidente não o ouve, de que adianta? Assim ele se desmoraliza”, afirmou. 

Bolsonaro tem criticado e xingado ministros do STF, como Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, uma tentativa de manter o bolsonarismo mobilizado contra o Judiciário e, por consequência, desviar a atenção para os problemas de governabilidade, escândalos de corrupção e dificuldade de retomada do crescimento econômico, dos direitos sociais e trabalhistas.

A indignação de ministros do Supremo ficou evidente quando o presidente da Corte, Luiz Fux, cancelou, em 5 de agosto, a reunião com chefes dos poderes que haveria naquele dia. Além do magistrado, participariam do encontro Bolsonaro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

O senador pelo DEM mandou na última segunda-feira (16) um recado de Bolsonaro ao dizer que a Casa faz uma “vigorosa vigilância” da democracia.

Bolsonaro estaria pretendendo levar para o Senado pedidos de impeachment de Barroso e Moraes. De acordo com um interlocutor de Pacheco, no entanto, o presidente do Senado não dará andamento aos pedidos de afastamento de magistrados do Supremo. “Não há qualquer casualidade e nenhum fato objetivo na argumentação apresentada por Bolsonaro”, disse o interlocutor.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami