Candidato à prefeitura de Cruzeiro do Sul Fagner Sales pode ser preso por debochar de decisão judicial

Contrariando medida cautelar, mdebista participou de reunião com servidores da Saúde municipal

Se cumprir decisão da desembargadora federal Maria do Carmo Cardoso, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o delegado de Polícia Federal Tiago Souza pode prender o candidato à prefeitura de Cruzeiro do Sul pelo MDB, Fagner Sales.

Fagner Sales participou de reunião, na última segunda-feira, com servidores da Secretaria Municipal de Saúde, desrespeitando medida cautelar imposta pela desembargadora federal.

Alvo da Operação Acúleo, desencadeada pela Policia Federal no último dia 11 de setembro, Sales, como medida substitutiva de prisão, foi proibindo, dentre outras coisas, de, até o fim das investigações, manter contato, por qualquer meio de comunicação, com os demais investigados e servidores da prefeitura de Cruzeiro do Sul.

“Fica o investigado advertido, desde já, de que o descumprimento das medidas cautelares ora determinadas poderá ensejar a decretação da prisão preventiva”, escreveu a desembargadora.

A decisão foi ignorada.

Como se houvesse deboche da decisão judicial, no convite para a reunião no Centro Diocesano de Treinamento, as presenças de Fagner e do seu pai, o também investigado Vagner Sales, são reforçadas.

A operação Acúleo investiga fraudes em licitação envolvendo servidores públicos, agentes políticos e empresários em Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

A Polícia federal apura os crimes de fraude em licitação, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ativa, peculato, crime de responsabilidade de prefeito e organização criminosa praticados, em tese, pelo suposto grupo criminoso.

Na época, os policiais prenderam Vagner Sales e encontraram mais de R$ 160 mil na casa do presidente da Assembleia Legislativa, Lalau Júnior (Progressistas).

O passo seguinte está sob a responsabilidade do delegado da Polícia Federal Tiago Souza, que não deve prevaricar.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami