Camionetes adquiridas pela Segurança Pública do Acre estão paradas por falta de revisão

Em agosto de 2019, o governador Gladson Cameli anunciou com grande estardalhaço a aquisição de 110 camionetes para a Secretaria de Justiça e Segurança Pública.

Na época, Cameli ainda vivia a lua-de-mel com o seu vice-governador Wherles Rocha.

Foram investido, segundo propaganda oficial, R$ 15 milhões.

Quando as viatura chegaram ao Acre, Gladson e Rocha fizeram a festa, desfilando em carreata pelas ruas de Rio Branco.

Em menos de dois anos, tudo mudou.

O governador e o vice romperam.

Se quisesse fazer uma nova carreata hoje, o governador não conseguiria.

Boa parte dessas viaturas completou mais 50 mil quilômetros rodados e estão paralisadas.

O governo do Estado simplesmente não tem como fazer as revisões dos veículos.

Não foi formalizado processo licitatório para o procedimento.

Segundo fonte do Portal, boa parte das guarnições não participou de uma operação realizada na Estrada Transacreana, há cerca de duas semanas, porque não havia viatura disponível.

“É algo muito grave. Num momento desses não ter viatura é gravíssimo. Sem revisão elas não podem rodar, por força das limitações impostas no convênio firmado com o governo federal”, alerta a fonte.

Foto: Agência de Notícias do Acre

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami