Bittar ressurge (pelas redes sociais) e critica medidas de Cameli para evitar colapso da Saúde

Por Fábio Pontes

Desaparecido do Acre há muito tempo, o senador negacionista Márcio Bittar (MDB), enfim, deu as caras neste começo de fevereiro – ainda que virtualmente.

Mostrando-se bastante bronzeado. após uma longa temporada pelas ensolaradas praias do Nordeste, Bittar ressurgiu das cinzas para criticar as medidas de isolamento social adotadas pelo governador Gladson Cameli (PP) para evitar o colapso do sistema público de saúde do estado, em meio à segunda onda da pandemia da Covid-19.

Assim como os demais bolsonaristas, Bittar coloca a economia e não a preservação da vida acima de tudo e de todos.

O parlamentar até lançou uma campanha em suas redes sociais: “Fechamento total do comércio não é solução”.

Como não conhece a realidade acreana por muito pouco aqui colocar seus sapatos, Bittar está por fora de tudo.

Não sabe que enfrentamos uma explosão no número de novos infectados, e que nossos hospitais estão à beira do colapso. Há quase um ano nossos profissionais de saúde estão numa batalha que os leva ao esgotamento físico e mental.

Parte dessa tragédia é alimentada por políticos como ele, que menosprezam os efeitos devastadores do coronavírus.

Neste quase um ano de pandemia, não vimos uma ação concreta do senador em favor do povo acreano para mitigar os efeitos da pandemia. Ele bate palmas para a decisão de Bolsonaro de não prorrogar o auxilio emergencial, deixando milhões de brasileiros na miséria.

É lógico que ninguém é a favor do fechamento da economia, mas, infelizmente, é a única solução no momento. A vacina está aí, e não é graças a políticos da estirpe de Bittar. Aos poucos o resto da população será vacinada, e o mundo voltará ao normal, a economia vai se recuperar com o trabalho de pessoas que sobreviverem ao vírus.

Para isso, o isolamento social ainda é a única solução.


(Ah, para ter aliados como esse, o governador Gladson Cameli não precisa de inimigos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami