Avisem ao Gladson que as fronteiras deveriam estar fechadas desde o início do mês; há portaria do governo federal neste sentido

Governador não foi nem recebida por Ernesto Araújo

Site oficiais e oficiosos publicaram que o governador do Acre pediu ao governo federal o fechamento das fronteiras com os países vizinhos, no caso Peru e Bolívia.

Matéria publicada na Agência de Notícias do Acre é explicado que o motivo do pedido em razão do avanço da COVID-19 no Estado. Veja aqui.

Gladson Cameli teria feito o pedido ao chanceler Ernesto Araújo por telefone, haja vista que nem fora recebido pelo assessor do presidente Jair Bolsonaro.

Ernesto Araújo deve ter ficado com a solicitação. No dia 8 de janeiro os os ministros da Saúde. Eduardo Pazuello; Casa Civil, Walter Braga Neto; e da Justiça e Segurança Pública, Tércio Tokano, publicaram portaria justamente neste sentido.

O artigo segundo da portaria diz: “Fica restringida a entrada no País de estrangeiros de qualquer nacionalidade, por rodovias, por outros meios terrestres ou por transporte aquaviário”.

Pelo o que se vê, não é por falta de documento que as fronteiras estão abertas.

É por falta de iniciativa e capacidade operacional.

Se estivesse antenado e bem orientado, o governador não pagaria o mico de pedir e publicitar o que já existe.

Veja a portaria aqui.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami