Até tu, Brutus, meu filho? Fofocas, traições e rasteiras no Palácio são outras dificuldades no caminho do governador

Intrigas, futricas, invejas e rasteiras, historicamente, fazem parte da rotinas de quem convive com e dentro do poder.

Corredores palacianos sempre estão lotados de adversários que fingem ser aliados, a fim de dar o bote e atingir os objetivos quase sempre não revelados.

Quem estudou um pouco deve lembrar a célebre frase creditada ao imperador Júlio César.

No século I A.C., o imperador romano Júlio César foi vítima de uma conspiração de senadores para tirá-lo do cargo. Entre eles estava o seu filho adotivo Marcus Brutus.

O complô resultou no assassinato do imperador a punhaladas pelo grupo de senadores.

Na hora da morte, Júlio César reconheceu o filho entre os seus algozes e proferiu a frase. “Até tu, Brutus, filho meu?”

Esta semana, setores da imprensa trouxeram a público fatos que supostamente apontam para um complô dentro do Palácio Rio Branco que pode atingir ao governador Gladson Cameli.

Segundo notas e matérias, a trama estaria sendo elaborada por pessoas de extrema confiança de Cameli insatisfeitas com o travamentos das suas ações.

Essa turma teria perdido poder e prestígio junto ao governador e, principalmente, com as ordens que emanam de Manaus, capital do Amazonas, onde residem os pais de Gladson Cameli.

“O governador está acuado por essa turma que lhe promete fidelidade, mas, por trás, metem o punhal”, disse uma Pipira Azul palaciana.

Segundo a Pipira, o motivo de tanta ciumeira atende pelo nome de Rômulo Grandidier, que chegou com o bonde andando e passou a ocupar os espaços.

Contador dos maiores empresários de Cruzeiro do Sul, Grandidier assumiu a Secretaria de Fazenda e, posteriormente, a Casa Civil.

Atualmente, permanece no governo como chefe de departamento na Casa Civil sem perder poder.

Foi na Casa Civil que o Francês, como passou a ser tratado, que Rômulo Grandidier ganhou a confiança ainda maior do governador, causando ciúmes dos antigos auxiliares mais próximo.

Grandidier acumulou adversários internos, mas acumulou aliados externos, como o pai do governador, o empresário Eládio Cameli.

O Francês é cotado para ser candidato a vice-governador, mas terá que ultrapassar muitos obstáculos até as convenções.

Gladson Cameli deve lembrar que império caem é que nem Júlio César escapou da traição do próprio filho.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close Bitnami banner
Bitnami