Ao impedir posse do TCE, Luiz Fux agride à língua portuguesa e escreve “Desisão”

Vai sobrar para o estagiário.

Nem o mais despreparado assessor vai querer assumir tamanha anomalia ortográfica.

O fato anômalo e gritante está na decisão do ministro do STF Luiz Fux, que concedeu liminar contra a posse do ex-chefe da Casa Civil Ribamar Trindade, no cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Luiz Fux escreveu: “Defiro o pedido de tutela antecipada para suspender a eficácia e a execução da desisão…”.

Isso mesmo: ele escreveu “desisão”.

Não dá para matar no peito e ignorar tamanha ignorância.

Sorte do presidente da Suprema Corte é que ninguém irá processá-lo por tamanha agressão à língua portuguesa.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami