Alysson Bestene troca Sesacre por Secretaria de Governo

Frase: “Os maus, sem dúvida, compreenderam algo que os bons ignoram”, Woody Allen

Vídeo: um governo e a gestão

Alysson fora da Saúde

O odontólogo Alysson Bestene deverá deixar o comando da Secretária de Estado de Saúde (Sesacre) nos próximos dia. Irá retornar para a Secretaria de Governo. A mudança ainda não foi efetivada porque perdura a indefinição sobre o futuro do ex-chefe da Casa Civil Ribamar Trindade.

Dupla afinada

Na Secretaria de Governo, Alysson Bestene contará com a ajuda da jornalista Silvania Pinheiro, que deixará o comando da Secretaria de Comunicação nas mãos da também jornalista Nayara Lessa.

Sesacre pacificada 

Além da boa condução durante a pandemia da Covid-19, um dos méritos de Alysson Bestene foi o de pacificar a Sesacre, após a tentativa de militarização da pasta pelo governador Gladson Cameli.

Saúde de Bestene

Segundo fonte, o deputado José Bestene (PP) está de olho espichado para a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O parlamentar estaria, inclusive, disposto se licenciar do mandato para esse “sacrifício”. A esperar.

Troca-troca 

Infelizmente para a sociedade, o governador Gladson Cameli continua brincando de troca-troca. Agora anuncia que fará nova reforma

Qualidade duvidosa

Pela qualidade da equipe de transição apresentada pelo prefeito eleito Tião Bocalom, é possível medir como será o seu governo. 

Brincadeira com fogo

Tem gente querendo brincar com fogo. É ingênuo imaginar que a justiça ficará inerte diante do retorno do presidente da Assembleia Legislativa, Nicolau Júnior, ao comando da casa. É questão de tempo, mas Lalau sofrerá as consequências. Quiçá não seja preso.

Injustiça na Justiça

O pleito eleitoral encerrado no último dia 29 trouxe uma grande injustiça contra o juiz Giordane Dourado. O magistrado foi afastado sem culpa formada e, até agora, não houve uma posição pública da Justiça Eleitoral. Se fazem isso com os seus, imagina o que não podem fazer com os simples mortais. 

Fim do amor

Político convertido ao conservadorismo e cão de guarda do bolsonarismo terminou um casamento que era apostando como exemplar. Muitas foram as juras de amor em público. Nas alcovas, porém, a crise era grande.

Mandato e separação

O enlace durou muito tempo muito provavelmente porque o moço, que perdeu muito quilos recentemente, não tinha mandato. Agora, no céu da politica, o politico tratou de trocar o amor antigo por um novo. 

Oposição pra valer

Gladson Cameli agora tem oposição pra valer. O deputado federal Léo de Brito mostrou que não está para brincadeira. Se os Ministério Público Federal e Estadual forem investigar as denúncias formalizadas pelo parlamentar, pessoas irão para a cadeia.

Quebra de sigilo

Um exemplo seria quebrar o sigilo fiscal e telefônico do secretário que autorizou o pagamento de mais de R$ 10 milhões em computadores para a Secretaria de Estado de Educação. Alguém poderoso, segundo fonte, teria mandado, via mensagem, o pagamento ser efetuado sem a entrega dos equipamentos. 

Oi, sumido!

Alguém viu o vice-governador Wherles Rocha por ai? O homem parece ter tomado Doril. E o Minoru Kinpara, quem tem notícias?

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami