Alysson Bestene revoga determinação de retirar adicional de insalubridade dos servidores da Saúde; o problema é que a folha de novembro fechou

Esse governo parece funcionar apenas na pressão. Deveria pensar melhor antes de tomar atitudes descabidas.


Após o desgaste provocado no meio dos servidores da Saúde que tiveram cortado o adicional de insalubridade, o secretário de Saúde, Alysson Bestene, determinou que tudo volte a ser como dantes no quartel de Abrantes.


A medida absurda de cortar a gratificação a servidores que trabalham com pacientes portadores de doença infectocontagiosas foi revogada.

Mas pode ter pegadinha. A determinação era para retirar o adicional a partir de 1º de novembro. Diante da situação, os servidores ficarão sem receber, haja vista que a folha de pagamento já fechou.


Bestene emitiu uma nota para justificar a medida tomada.


Veja a nota:


Nota de Esclarecimento
O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), informa que determinou a suspensão do documento que cancelava vantagens dos servidores, até que seja realizado um levantamento sobre a concessão de tais benefícios aos trabalhadores.
A Sesacre informa ainda que a atual gestão está tomando ciência de processos e decisões anteriores, além de conversar com os servidores, priorizando, entre outras coisas, o diálogo e a transparência.
É importante lembrar que o objetivo do governo do Estado é valorizar os servidores públicos, oferecendo sempre melhores condições de trabalho.
Alysson Bestene
Secretário de Estado de Saúde
Paula Augusta Maia de Faria Mariano
Secretária Adjunta de Assistência à Saúde

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami